Skip to main content
< Voltar para Notícias de Competições
04 fevereiro 2020

PENTACAMPEÃ MUNDIAL DE SBK, KRT BUSCA REPETIR BONS RESULTADOS NA ABERTURA DA TEMPORADA 2020 EM PHILLIP ISLAND

A temporada 2020 do Mundial de SuperBike começa neste final de semana e a Kawasaki Racing Team (KRT), equipe oficial da fabricante japonesa, está mais do que pronta para um ano de novos desafios e conquistas. Com cinco títulos consecutivos, a Kawasaki Ninja ZX-10RR vem se mostrando imbatível nas pistas, ainda mais sob o comando do pentacampeão mundial, Jonathan Rea, que vem superando limites e quebrando marcas ano após ano.

Com a moto ZX-10RR de numeral #1, o piloto norte-irlandês, de 33 anos, tornou-se o maior vencedor de todos os tempos da principal categoria do Mundial de SuperBike. O currículo de Jonathan Rea inclui cinco títulos mundiais, 88 vitórias e mais de 3.300 pontos na carreira. Somente no ano passado, Rea superou o próprio recorde e somou 663 pontos em uma única temporada. Ao todo, foram 17 vitórias, 16 segundos lugares e uma terceira posição – resultados bastante impressionantes.

Além disso, para este ano, a Kawasaki Racing Team terá um novo reforço para seguir em busca da manutenção do título do Mundial de SuperBike. O piloto britânico Alex Lowes, de 29 anos, passa a integrar o time no comando da moto de numeral #22. Na temporada passada, Lowes alcançou bons resultados e fechou o ano com a terceira colocação no classificatório geral.

O Mundial de SuperBike abre a temporada 2020 com o Grande Prêmio de Phillip Island, realizado nos dias 28 e 29 de fevereiro e 1º de março, na Austrália, e as expectativas de vitória da Kawasaki Racing Team são bastante altas. Em 2019, a equipe obteve a segunda colocação, com Jonathan Rea no segundo degrau do pódio nas duas corridas.

Assim como em 2019, o calendário do Mundial de SuperBike terá 13 rodadas e levará competidores e as motos mais velozes do mundo atualmente em fabricação a 10 diferentes países, entre eles Qatar, Espanha, Holanda, Itália, Inglaterra, Alemanha, Portugal e França, e encerrará a temporada em terra sul-americana, em outubro, no Circuito San Juan Villicum, na vizinha Argentina.

Como principal equipe a ser batida no Mundial de SuperBike, a Kawasaki Racing Team volta às pistas, neste ano, em busca de novos títulos e recordes a serem batidos pela poderosa Kawasaki Ninja ZX-10RR, que segue mais veloz do que nunca. Com início de fabricação comercial em 2004, o modelo ganhou as pistas com a sua versão race e se tornou uma grande campeã. Além de torcer pela KRT, os fãs de velocidade podem ter sua própria motocicleta vencedora na garagem. As motos Ninja ZX-10R e Ninja ZX-10R SE, disponíveis nas Concessionárias Autorizadas Kawasaki, possuem a mesma estrutura do modelo utilizado pelo pentacampeão Jonathan Rea.